Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Escola da 24° CRE terá sua primeira Olimpíada de Robótica

Competição da Escola Zoila Portela inicia no dia primeiro de dezembro

Publicação:

Competição será dividida em três etapas
Competição será dividida em três etapas - Foto: 24° CRE/Divulgação Seduc
Por Tayná Schultz

A 24° Coordenadoria Regional de Educação (CRE), por meio do Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE), está organizando a sua primeira Olimpíada de Robótica que irá ocorrer na Escola Estadual de Ensino Fundamental Zoila Portela, do município de Segredo.

 Na última semana, os professores Nilzo Paulo Dias Machado e Maruí Samuel Friederich dos Santos estiveram na escola para uma reunião com a direção da instituição de ensino.

 Podem se inscrever na Olímpiada os alunos do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental em grupos de até seis pessoas. A inscrição ocorre de forma gratuita.

 A competição se divide em três etapas principais

 Na primeira etapa os alunos devem construir um carrinho que não ultrapasse o valor estipulado de até dez reais. Este carrinho terá que participar de uma corrida com obstáculos a ser montada pelos professores no dia do evento.

A segunda fase foi proposta para incentivar a pesquisa dos estudantes. Eles devem construir um motor elétrico de até três reais. Já a última etapa envolve a resolução de quinze perguntas sobre conhecimentos de lógica.

 “Os objetivos são o desenvolvimento das habilidades dos alunos no campo da eletrônica, espírito de equipe, desenvolvimento da desinibição, raciocínio lógico, agilidade, oralidade, além do desenvolvimento de conteúdos de matemática, física, química, entre outros”, destacou o professor do NTE, Nilzo Paulo Dias Machado.   

 De acordo com a coordenadora da 24° CRE, Julieta Aparecida de Oliveira, a ideia do NTE junto à CRE é de estimular o ensino de forma lúdica para cativar o interesse dos estudantes e proporcionar a qualificação profissional. “É uma conquista muito grande. A escola recebeu o projeto de portas abertas e com grande interesse dos alunos”, afirma.

 

Secretaria da Educação