Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Escola Raul Pilla é exemplo de cuidado com os estudantes

Programa Saúde na Escola (PSE) terá reunião de orientação e adesão no próximo dia 15 no Auditório do Ministério Público Estadual

Publicação:

Mobilização dos profissionais da educação auxiliam atendimentos na comunidade
Mobilização dos profissionais da educação auxiliam atendimentos na comunidade - Foto: Escola Raul Pilla/Divulgação Seduc
Por Diego da Costa

A Escola Estadual de Ensino Médio Raul Pilla, localizada no bairro Restinga, na Capital, é uma das 140 instituições de ensino que já aderiram ao PSE na região da 1° Coordenadoria Regional de Educação (CRE), e faz da sua rotina o segundo lar dos estudantes da comunidade. Para a direção e para os professores, manter a saúde bucal, oftalmológica, nutricional, psicológica e psiquiátrica dos alunos é tão importante quanto oferecer as atividades curriculares adequadas.

Para a diretora da instituição de ensino, Jussara dos Santos, o PSE é fundamental para os alunos serem auxiliados nos seus problemas sociais. “As crianças carentes precisam deste cuidado. Precisam ser ajudadas e auxiliadas pelos educadores. A maioria das famílias aqui não tem condições de levar as crianças aos dentistas nem sequer pegar um ônibus para isso. Pagar por um óculos, muito menos. Esses atendimentos são fundamentais para esta comunidade”, destaca.

Atuando há 20 anos no Conselho Escolar e mãe de quatro filhos que estudaram na escola, Rosemeri dos Santos Goulart comenta que, se a equipe de saúde não ir até as crianças, não há como elas serem atendidas. “As mães trabalham e não têm tempo de marcar consultas.  Se não trabalham, muitas vezes têm um filho pequeno e pelo menos mais dois ou três na faixa dos seis ou sete anos. É difícil dar atenção a todos, mas ao menos há uma mobilização da comunidade para fazer com que estas políticas públicas cheguem com mais frequência”, afirma.

Conforme a responsável pelo Programa Saúde na Escola, do Departamento Pedagógico da Seduc, Caren Fortunato, a adesão dos municípios ao PSE significa o compromisso de planejar intersetorialmente as ações, observando os indicadores educacionais e as populações em vulnerabilidade social.

No próximo dia 15, haverá uma reunião com os profissionais de educação para orientar e incentivar a adesão ao projeto, que terá uma nova portaria do Ministério da Saúde para dar andamento ao programa. “É fundamental que os setores de educação e saúde locais desenvolvam as ações priorizando os alunos que têm mais necessidade e atendam a todas as 12 diretrizes observadas pelo Ministério da Saúde. São ações de atendimento vitais não só para tratar os jovens quando adoecem, mas para que se faça um trabalho de prevenção”, explica.

PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA ADESÃO 2017/2018

Data: 15 de agosto de 2017

Horário: das 8h às 17h

Local: Auditório do Ministério Público Estadual, Av. Aureliano de Figueiredo Pinto, 80 - Praia de Belas, Porto Alegre;

Maiores informações sobre o programa podem ser encontradas no link do Programa Saúde na Escola.

 

Secretaria da Educação