Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Evento em Novo Hamburgo marca abertura do calendário da Rede Estadual de Ensino

Publicação:

NH
Crédito: Arquivo Seduc
Por Rodrigo Peixoto
 
 
Nesta quarta-feira, 13 de fevereiro, a Secretaria de Educação realiza um evento para marcar a abertura do ano letivo de 2019. O encontro, que terá a presença do secretário da Educação, Faisal Karam, entre outras autoridades, será às 14h, na Escola Estadual 25 de Julho, rua José do Patrocínio (730), em Novo Hamburgo. As aulas da Rede começam no dia 20 de fevereiro, quando mais de 900 mil estudantes retornarão às atividades escolares em mais de 2.500 instituições. “Nosso foco é começar o ano letivo de forma organizada. Estamos priorizando o que precisa ser feito, como obras emergenciais, além de questões envolvendo transporte escolar e merenda, quadro de professores e outras demandas importantes. Queremos receber os nossos alunos da melhor forma possível”, destaca Karam.
 
Saiba mais sobre a volta às aulas 2019:
 
 
Matrículas seguem nas Escolas
Os estudantes que perderam todos os prazos para realizar a matrícula terão mais uma oportunidade:  até o dia 29 de março, o gerenciamento das vagas será feito diretamente nas escolas da rede pública estadual. A assessora técnica do  Departamento de Planejamento (Deplan) da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), Neri Barcelos, destaca que nenhum estudante ficará sem vaga. “Para aqueles que perderam os dois períodos de matrículas, nós solicitamos que compareçam diretamente nos estabelecimentos de ensino com os documentos necessários. O importante é que todos sejam contemplados”, reforça.
 
Ensino Integral
 O Programa Escola em Tempo Integral está ampliando a sua atuação gradual no Estado e passa a oferecer, além dos primeiros anos do ensino médio, os segundos anos. Em 2019, contará com 97 escolas de ensino fundamental e 22 de ensino médio, um aumento de 12 escolas em relação ao período anterior. Em 2020, o programa passará a atender todo o ensino médio, sendo aplicado nos primeiros, segundos e terceiros anos.
 
Transporte
O Programa Estadual de Apoio ao Transporte Escolar (Peate) tem o objetivo de transferir recursos financeiros aos municípios que realizam o transporte de alunos da educação básica da rede estadual residentes no meio rural. Atualmente, apresenta 94% dos alunos da rede pública estadual “geolocalizados” (latitude e longitude monitorados) por seu software de gestão, o que permite calcular a melhor rota, e também incluir os estudantes da rede municipal no sistema. Em 2019, a prestação de contas já é realizada também pelo software, permitindo o feedback sobre os serviços executados de maneira mais ágil e eliminando o uso de papel.
 
Melhorias nas Escolas
Atualmente, existem mais de 400 obras em andamento nas escolas da Rede e cerca de 230 que estão em fase de licitação ou elaboração de contrato com o objetivo de promover melhorias estruturais nas instituições de ensino.
Secretaria da Educação