Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Seduc apresenta primeira avaliação dos alunos de Ensino Médio em Tempo Integral no Estado

Divulgação ocorre nesta terça-feira (15) na ESPM Sul, na Capital, às 8h30

Publicação:

Avaliação foi realizada nas 12 escolas de Ensino Médio em Tempo Integral no Estado
Avaliação foi realizada nas 12 escolas de Ensino Médio em Tempo Integral no Estado - Foto: Seduc
Por Diego da Costa

A Secretaria Estadual de Educação (Seduc) irá apresentar, nesta terça-feira (15), a partir das 8h30, os resultados da primeira avaliação realizada com os 1.733 estudantes que ingressaram, no início do mês de março, nas 12 instituições de ensino contempladas no Programa de Fomento à Implantação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI), do governo federal.  O resultado da avaliação, que teve o objetivo de fornecer um retrato do nível de conhecimento dos alunos em Língua Portuguesa e Matemática, será divulgado durante evento na Escola Superior de Propaganda e Marketing da região Sul (ESPM-Sul), no bairro Santo Antônio, em Porto Alegre.

Conforme a coordenadora do Ensino em Tempo Integral da Seduc, Hilda Liana Diehl, uma das metas do EMTI, que terá a realização de diagnósticos trimestrais, é a progressiva diminuição das taxas de reprovação e abandono nas escolas contempladas com o Programa. “O acompanhamento dos resultados irá oferecer subsídio para que escolas e gestores, juntos, avaliem as ações que vêm sendo desenvolvidas, e apliquem as mudanças quando forem necessárias”, explica.

Avaliação e Diagnóstico

A avaliação diagnóstica dos alunos foi realizada em todas as 12 escolas estaduais contempladas pelo EMTI, no dia 28 de março. A prova foi composta por 30 questões, divididas em dois cadernos: 15 questões de Língua Portuguesa e 15 de Matemática.

Melhoria no rendimento

A melhoria de fluxo escolar será aferida pelos dados de taxa de abandono e reprovação divulgados no Censo Escolar.A escola deve reduzir a soma das taxas de abandono e reprovação, da seguinte forma: no primeiro e no segundo ano de implementação do programa deve ocorrer a diminuição em 3,5%. No terceiro ano do Programa em diante, a escola deve alcançar e manter o patamar de até 5%.

A melhoria da proficiência deve utilizar como critério a nota média padronizada que compõe o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

 Confira a programação
8h30 Credenciamento
9h  Abertura – Profª Dra. Sonia Rosa – Diretora do Departamento Pedagógico /Seduc profº coordenador de Pós-Graduação Jorge Dietrich – ESPM 
9h30 Aula inaugural do Curso do Projeto de Vida – Equipe Lato Sensu 
10h30  Coffee break 
10h40 Aula inaugural do Curso do Projeto de Vida – Equipe Lato Sensu 
11h45 Apresentação da Plataforma do Curso EaD projeto de Vida – Profª Mestre Marjorie Klich Nunes – Gerente de Projetos/MSTech
12h  Almoço
13h  Parceiros Voluntários – Isabelle Ghiorzi 
13h20  Devolutiva da Avaliação Diagnóstica –Doutoranda Janaína Audino 
15h  Coffee break 
15h20 Oficinas para planejamento das Intervenções Pedagógicas – doutoranda Janaína Audino 
16h20 Socialização das Oficinas de Planejamento
17h  Orientações do Programa EMTI – Profª Hilda Liana Diehl 
17h30  Encerramento 

Secretaria da Educação