Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Seduc realiza formação com o Núcleo de Educação Indígena Kaingang

Evento será feito em dois dias no Centro Administrativo

Publicação:

Um dos pedidos é que a língua de instrução das escolas seja indígena
Um dos pedidos é que a língua de instrução das escolas seja indígena - Foto: Tayná Schultz
Por Tayná Schultz

A Secretaria Estadual de Educação, por meio do setor de Educação Indígena e do Campo do Departamento Pedagógico, realiza hoje e amanhã (5 e 6 de dezembro) uma formação com o Núcleo de Educação Indígena Kaingang. O encontro ocorre no Auditório Paulo Freire, no Centro Administrativo Fernando Ferrari (Caff).

O objetivo é reunir as Coordenadorias Regionais de Educação (CREs), que trabalham com povos indígenas, com professores e representantes dos povos kaingang para consultar as condições a respeito das políticas públicas que envolvem a educação escolar do setor.

O evento também irá debater as discussões sobre os cinco eixos temáticos e votação das diretrizes que vão ocorrer na Conferência Nacional de Educação Escolar Indígena, a ser realizada nos dias 12 a 14 de dezembro, em Brasília:

– Ensino Superior e Povos Indígenas

 Políticas de Atendimento à Educação Escola

 Formação e Valorização dos Professores Indígenas

 Práticas Pedagógicas Diferenciadas e Organização

 Gestão da Educação Escolar Indígena

O professor de Terra Indígena Guarita, região Noroeste do Estado, Miguel Ribeiro, reafirma a necessidade do evento para a luta pelos direitos da educação dos povos indígenas. “Hoje, estamos vendo as temáticas que foram discutidas em Florianópolis na etapa regional sobre demandas das escolas de espaço físico e melhorias no quesito educacional. Vamos  também reprojetar o trabalho que vem sendo feito dentro das escolas.”

Dentre os eixos que serão discutidos na conferência nacional está o fortalecimento da língua materna indígena como valorização e preservação da cultura como instrução escolar.

Secretaria da Educação