Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Educação Ambiental

As Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Básica reconhecem a relevância e a obrigatoriedade da Educação Ambiental (EA). A orientação é que o tema seja abordado no currículo de forma integrada e transversal, contínua e permanente em todas as áreas de conhecimento, componentes curriculares e atividades escolares.

Entende-se EA como os processos pelos quais o indivíduo e a coletividade constroem conhecimentos, habilidades, atitudes e valores sociais, voltados para a conservação do meio ambiente, bem de uso comum do povo, essencial à sadia qualidade de vida e sua sustentabilidade com base na ética e na cidadania ambiental.

O objetivo é promover a desconstrução da visão despolitizada, acrítica, ingênua e naturalista ainda muito presente na prática pedagógica das instituições de ensino, por intermédio do diálogo e de outras estratégias que forem necessárias.

Como trabalhar a Educação Ambiental        

A Educação Ambiental pode ser desenvolvida por meio de programas, projetos e atividades com o objetivo de transmitir conhecimento e inserir no cotidiano dos estudantes um conjunto de novas condutas que levem à compreensão e proteção do meio ambiente. 

Algumas ações consideradas de EA, como a coleta e o reaproveitamento de garrafas pets, podem estar desvinculados de contexto e não considerar o ambiente em sua totalidade, nem tampouco proporcionar o enfoque interdisciplinar, de modo que o aluno tenha condições de perceber a perspectiva global e equilibrada sobre o ambiente, descaracterizando os princípios da Educação Ambiental. Conforme Leonardo Boff: “Ecologia é um saber de saberes, entre si relacionados”.

Educação Ambiental crítica-reflexiva

A Educação Ambiental deve oportunizar o desenvolvimento do pensamento crítico-reflexivo a partir da dimensão socioambiental, valorizando a participação, a cooperação, o senso de justiça e a responsabilidade da comunidade educacional em contraposição às relações de dominação e exploração presentes na realidade atual; incentivo à pesquisa e à apropriação de instrumentos pedagógicos e metodológicos que aprimorem a prática discente e docente, a cidadania ambiental na perspectiva de sociedades verdadeiramente sustentáveis.

Base Legal que fundamenta a Educação Ambiental

Responsáveis:

Diretora Pedagógica: Márcia Sartor Coiro

(51) 3288-4770

Diretor-adjunto: José Adilson Santos Antunes

(51) 3288-4770

Assessoria de Educação Ambiental

Sônia Lopes dos Santos

Sandra Garcia Polino

Silvana Favreto

(51) 3288-4813

 

Secretaria da Educação