Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Jovem pesquisador gaúcho participa da cerimônia do Prêmio Nobel

Publicação:

Leandro Schabarum estará no evento
Leandro Schabarum estará no evento - Foto: Luis Eduardo Selbach
Por Luis Eduardo Selbach

O estudante Leandro Schabarum , 20 anos, do Curso de Mecânica da Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha, de Novo Hamburgo, participará da cerimônia do Prêmio Nobel, em Estocolmo, Suécia. Ele recebeu o Prêmio Corsan de Tecnologia na Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec) e estará no Stockholm International Youth Science Seminar (SIYSS), entre os dias 4 e 11 de dezembro, momento em que apresentará seu projeto para jovens pesquisadores de diversas partes do mundo.

Durante a visita, os participantes do SIYSS ficarão no Af Chapman, um navio ancorado em “Skeppsholmen”, centro de Estocolmo. Participarão de vários insights sobre tecnologia sueca, incluindo uma visita de estudo ao Instituto Karolinska, onde terão acesso a pesquisas de ponta nas áreas da medicina e da bioquímica.

Os estudantes também participarão ainda de um jantar com o presidente da Assembleia Nobel, com a presença da família real, além de assistirem a aulas e à conferência de imprensa com os laureados Nobel de Fisiologia e Medicina.

Os participantes foram escolhidos em razão do conhecimento científico que têm demonstrado em seu trabalho, com excelentes perspectivas de uma carreira de sucesso dentro de seus respectivos campos.

Sobre o projeto

Leandro desenvolveu um “Modelo Matemático da Marcha Humana”, metodologia utilizada para alcançar equações que possam modelar a marcha humana, considerados os fatores intrínsecos ao movimento de cada pessoa. Durante a pesquisa, foram investigados os comportamentos da marcha através do ensaio de cinemetria.

Após inúmeros estudos, as equações encontradas podem ser utilizadas para acompanhar pacientes em reabilitação motora, assim como na adaptação ao uso de próteses, garantindo a melhor atuação dos profissionais responsáveis pelo recondicionamento da marcha. A orientação do projeto é do professor Platão Gonçalves Terra Neto.

Secretaria da Educação