Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Seminário debate inclusão das Relações Étnico-Raciais no Referencial Curricular Gaúcho

Evento que segue até quarta-feira (13) reúne gestores educacionais do Sul do país

Publicação:

Ronald Krummenauer destaca a importância da inclusão da Educação Étnico-Racial no Referencial Curricular Gaúcho
Ronald Krummenauer destaca a importância da inclusão da Educação Étnico-Racial no Referencial Curricular Gaúcho - Foto: Diego da Costa
Por Diego da Costa

A Secretaria Estadual de Educação (Seduc), em parceria com a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi), do Ministério da Educação (MEC), promoveu, na manhã desta terça-feira (12), a cerimônia de abertura do “Seminário Regional de Educação para as Relações Étnico-Raciais - Regional Sul”.  O encontro, que ocorre no Auditório da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), e segue até o final desta quarta-feira (13), traz, entre outros debates, a inclusão da Educação para as Relações Étnico-Raciais no Referencial Curricular Gaúcho.

Conforme o secretário estadual de Educação, Ronald Krummenauer, o reestabelecimento das ações dos Fóruns de Educação Étnico-Racial surge num momento importante, em que também se discute a Nova Base Comum Curricular (BNCC) e o Referencial Curricular Gaúcho. “ A inserção de itens que dizem respeito às diretrizes nacionais para a educação étnico-racial, na construção do nosso Referencial, faz parte de uma união de esforços para a melhoria do ensino que defendemos”, destacou.

Segundo a coordenadora geral de Educação para as Relações Étnico-Raciais do Ministério da Educação (MEC), Raquel Nascimento Dias, o professor é peça fundamental do processo de inserção das diretrizes nacionais para a educação étnico-raciais, no cotidiano das escolas. “ O papel do MEC aqui é de inovar e orientar a discussão para o desenvolvimento humano. É trazer o reconhecimento da multirracialidade da sala de aula”, explicou.

Para o coordenador do Fórum Permanente de Educação e Diversidade Étnico-Racial do Rio Grande do Sul, José Antônio dos Santos, a realização do Seminário é uma demonstração de uma construção de política de Estado efetiva para a Educação das Relações Étnicos-Raciais. “ A presença do secretário Ronald é muito importante. Simboliza, exatamente, este momento de grandes avanços na inclusão das relações étnicos-raciais no currículo”, disse.

Presenças

Ainda estiveram presentes no evento o secretário executivo da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Diego Lutz; o vice-presidente do Conselho de Participação da Comunidade Negra (Codene), Clóvis André da Silva; a coordenadora da Divisão da Diversidade e Direitos Humanos da Seduc, Sonia Lopes dos Santos;  a assessora de Educação das Relações Étnico-Raciais da Seduc, Adriana Santos; além de representantes das secretarias estaduais de Educação de Santa Catarina e do Paraná, da Fundação Cultural Palmares, e do Fórum Permanente de Educação e Diversidade Étnico-Racial do RS.

Veja mais fotos

Confira a programação desta quarta-feira (13)

2º DIA - 13 DE JUNHO DE 2018

 

08:30 – Atividade cultural

09:00 – Apresentação da CGERER/SECADI/MEC sobre a implementação da Educação Étnico-Racial no contexto nacional;

10:00 – Apresentação SEPPIR: ações no contexto nacional;

10:30 – Apresentação Fundação Palmares: balanço e perspectivas;

11:00 – Debate

 

12:00 – Almoço

 

13:30 - A Educação para as Relações Étnico-Raciais e o Plano Nacional de Implementação da DCNs da ERER - (CGERER/SECADI/MEC)

15:00 – Mesa com as apresentações dos Fóruns de ERER

16:00 – Encaminhamentos e proposições

16:45 – Coquetel de Encerramento

 

 

Secretaria da Educação